Devemos cuidar das almas que estão vagando perdidas pelo mundo, procure uma clinica involuntária em Sp!

O vício não destrói a somente a vida do usuário, acaba também com a vida de seus familiares, amigos e conhecidos. Acaba com oportunidades de emprego e de melhora de vida.

O consumo de substâncias químicas, licitas ou ilícitas, aumentou de maneira drásticas nas últimas duas décadas. Nossa sociedade mais sensível e preocupada com o todo tornou as pessoas mais suscetíveis aos danos psicológicos quando se deparam com os males da sociedade.

Creio que existam duas definições que melhor descrevem o que seria o vício. A primeira seria a usada na psicologia, que se refere a um mecanismo de fuga emocional, um alívio para uma situação física e psíquica de pura dor e desespero, e a segunda seria que o vício é uma doença física e psicoemocional, de acordo com a Organização Mundial de Saúde.

A recuperação de um dependente químico deve acontecer em todos os aspectos da sua vida, desde o físico até o espiritual, pois somos um templo aonde habitam alma e Espírito Santo, somos corpo e espírito.

Os tipos de tratamento

Existem maneiras para que o usuário receba o tratamento necessário.

São eles: a internação voluntária, aonde existe o consentimento do usuário, internação involuntária, aonde não existe o consentimento e a internação compulsória, que ocorre por determinação da Justiça. Muitos comentem o erro de achar que as duas últimas maneiras citadas são a mesma coisa, porém, não são.

Para acontecer a internação involuntária é necessário que um familiar entre em contato com uma clínica de reabilitação e solicite a remoção do usuário para tratamento, contudo, deve existir a constatação por parte de um médico perito na área que confirme a necessidade da internação.

A clínica deve emitir, em até 72 horas, um comunicado para o Ministério Público do Estado que informe sobre a internação involuntária do paciente. Geralmente, essa internação ocorre quando familiares que a pessoa não tem mais forças pra lutar por si ou não entende que está preso nas garras do vício. Está escrito da epistola de Filipenses “Cada um cuide, não somente dos seus interesses, mas também dos interesses dos outros.”

Regiões de atendimento Instituto Vitta

Artigos feitos pela Instituto Vitta